YouTube 10 anos: confira os vídeos mais vistos de todos os tempos no Brasil

Em maio, o YouTube completa 10 anos de existência e, por isso, a plataforma de vídeos tem feito listas mostrando os clipes que mais marcaram essa década de sucesso. Na semana passada, foi a vez dos tutoriais mais procurados e assistidos, e, agora, o YouTube trouxe a lista de vídeos mais vistos de todos os tempos no Brasil.

Por aqui, o top 10 é composto totalmente por clipes musicais, seja da natureza que for. O mais visto até hoje é “Pintinho Amarelinho”, do canal Galinha Pintadinha. Basicamente, tem muitas mães pelo país distraindo seus filhos com o YouTube hoje em dia. Fora isso, no top 10 brasileiro, apenas três clipes internacionais entraram. Confira:

Os vídeos mais vistos de todos os tempos

1. “Pintinho Amarelinho” – Canal: Galinha Pintadinha

2. “Baby” – Canal: Justin Bieber

3. “Tudo Que Você Quiser” – Canal: Luan Santana

4. “Show das Poderosas” – Canal: Anitta

5. “Cuide Bem Dela” – Canal: Henrique e Juliano

6. “Gangnam Style” – Canal: PSY

7. “Dark Horse” – Canal: Katy Perry

8. “Ai Se Eu Te Pego” – Canal: Michel Teló

9. “Domingo de Manhã” – Canal: Marcos e Belutti

10. “Mozão” – Canal: Lucas Lucco

O YouTube ainda divulgou duas outras listas mostrando os “vídeos realmente musicais” mais vistos e também os “não musicais”. Nesse último, podemos ver a participação de Joel Santana, do viral “Para Nossa Alegria” e de alguns outros.

Musicais (com artistas reais)

Não musicais

FONTE(S)

IMAGEN(S)

Anúncios

Facebook cria ferrramentas para ajudar fanpages de PMEs

Segundo rede social, presença de empresas brasileiras na plataforma cresce 50% ao ano

Facebook cria ferrramentas para ajudar fanpages de PMEs

Com o intuito de impulsionar seus negócios, pequenas e médias empresas têm criado perfis no Facebook.
Atualmente são 40 milhões de fanpages de PMEs ativas na rede social. Destas, 3 milhões são de empresários brasileiros. Segundo a rede social, a participação de PMEs do Brasil na plataforma cresce 50% por ano. Em fevereiro deste ano eram 2 milhões.
Para atender a demanda, a rede social têm investido no desenvolvimento de ferramentas. Nesta semana, o Facebook lança iniciativas que ajudam na interação e no relacionamento com as empresas.
Com a edição 2015 do programa Boost Your Business, a rede social pretende reunir as empresas num evento para compartilhar estratégias de marketing. Este ano conta com parcerias, como Shopify, Visa e Zenefits para orientar os participantes da iniciativa.
O chat online com especialistas é a outra novidade da plataforma. O Facebook quer oferecer suporte individual e em tempo real aos empresários. A conversa será com especialistas em anúncios, que darão respostas rápidas para questões sobre publicidade na rede social. O serviço de chat já está disponível nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Irlanda e deve chegar a outros países ainda este ano.

Fonte: http://www.proxxima.com.br/home/social/2015/05/04/Facebook-cria-ferrramentas-para-ajudar-fanpages-de-PMEs

LinkedIn: as tendências comportamentais dos brasileiros no ambiente de trabalho

Pesquisa global realizada pela plataforma aponta curiosidades sobre os profissionais do Brasil e de outros 18 países

LinkedIn: as tendências comportamentais dos brasileiros no ambiente de trabalho

O LinkedIn divulgou uma pesquisa sobre como as pessoas estão remodelando sua marca profissional, seja no ambiente online ou no trabalho. O estudo New Norms @ Work foi realizado com 15 mil usuários de 19 países.

O Brasil está entre os três primeiros países (40,9%) que mais adicionam colegas de trabalhos em redes sociais não-profissionais. Mas, são nessas redes que as pessoas mais se importam com o que os colegas irão pensar sobre o conteúdo que estão postando. Dos entrevistados, 31,3% disseram que não contratariam alguém que não tivesse perfil no LinkedIn e quase 28% acreditam ser importante atualizar o perfil constantemente.
Diferenças comportamentais entre gerações

A maioria dos trabalhadores se considera um colaborador obediente (57,1%), ou seja, faz o que se pede sem questionar a autoridade. Porém, isso varia de geração em geração. A porcentagem de funcionários brasileiros que dizem mais “sim” do que “não” é maior entre os mais jovens (18-24 e 25-34 anos, com 63,10% e 63,30%, respectivamente). No entanto, 53% dos entrevistados afirmam que hoje dialogam mais com seus superiores do que no início da carreira, seja com opiniões, contribuindo com novas ideias, etc. Os mais questionadores são da Indonésia (76,2%).

Demissão

 A cada dez usuários brasileiros, sete afirmam que, se fossem demitidos, seriam honestos sobre isso. A porcentagem de “honestidade” sobre a situação é maior no Pará (83,3%), Rondônia (83,3%) e Sergipe (81,8%). No entanto, esse comportamento pode estar atrelado ao vínculo empregatício com carteira assinada, de acordo com o levantamento.

Julgamentos

A região Centro-Oeste do Brasil é a que mais julga as pessoas pelo modo como elas falam (31,5%). Sergipe (18,2%) e Tocantins (33,3%) são os estados onde mais se julga colegas pela religião. Em todo o País, 13,30% julgam os colegas de trabalho pelas amizades, mas a maioria (56,6%) diz não fazer julgamentos.

A importância das fotos e da aparência

Perfis com fotos nas redes sociais causam boa impressão. Sob oponto de vista do recrutador, os profissionais no LinkedIn que trabalham nas áreas de recrutamento, moda, luxo e turismo tendem a mudar as suas fotos de perfil com mais frequência do que a média. Não por acaso, são os usuários mais vistos no LinkedIn. No Brasil, mais de um quarto dos trabalhadores disse que é importante atualizar regularmente a sua imagem de perfil (27%).

Para se arrumar, 11% dos participantes investem o mesmo tempo se arrumando para o trabalho como para sair à noite, e 48% das mulheres acreditam que são mais julgadas pelo que vestem no trabalho do que os homens.

A pesquisa ainda lista algumas curiosidades sobre os brasileiros. Por exemplo, quase 30% dos profissionais usam uniforme. A cada cinco entrevistados brasileiros, dois possuem conexões profissionais em suas redes pessoais. E os homens (34,8%) são mais motivados por discussões sobre o sucesso no ambiente de trabalho do que as mulheres (31,7%).

Dados globais

Dos 19 países que participaram do estudo, a pesquisa conclui que o valor atribuído à marca de um profissional parecida entre os países, mas há algumas diferenças:

– Globalmente, mais de um quarto dos profissionais sentem-se motivados quando seus colegas falam do local de trabalho com sucesso.

– Na Índia, um quarto dos profissionais que trabalha em período integral veste-se de maneira formal, com ternos, por exemplo. Na outra ponta está a Suécia, onde apenas 3% dos entrevistados adotam um dress code formal.

– A Indonésia é o país com o maior número de usuários que pensa cuidadosamente em sua imagem de perfil profissional (51%). No Japão, apenas 4% importam-se com isso.

– Os profissionais estão falando mais em todo o mundo. Quando questionados sobre a única coisa que fariam diferente de quando começaram suas carreiras, mais da metade respondeu que iria desafiar seu chefe, emitir sua opinião, propor novas ideias, entre outros.

Fonte: http://www.proxxima.com.br/home/social/2015/04/30/LinkedIn-as-tendencias-comportamentais-dos-brasileiros-no-ambiente-de-trabalho

Google permanece como maior empresa de mídia

Disney e Comcast completam o pódio na edição 2015 do ranking da ZenithOptimedia; Grupo Globo é o único brasileiro na lista

Google permanece como maior empresa de mídia

O Google se manteve como a maior empresa de mídia do mundo no novo ranking da ZenithOptimedia, que lista as 30 companhias de destaque do setor.
No entanto, houve mudanças no pódio. Walt Disney Company, que no ano passado havia conquistado a terceira posição, subiu um degrau e aparece em segundo lugar na análise de 2015. A companhia foi beneficiada pela saída da DirecTV do ranking, após ser vendida para a AT&T. Na terceira colocação está a Comcast (veja a lista completa abaixo).
O Google é líder isolado no ranking. De acordo com o levantamento, a companhia agora é 136% maior do que a Disney, a segunda colocada. O único brasileiro a figurar na lista é o Grupo Globo, que subiu três posições em relação ao ano passado e agora está na 17ª posição. O Grupo, inclusive, foi o terceiro de maior crescimento no mundo. Avançou 15%, atrás apenas do Facebook (63%) e do Baidu (43%).

Aaron Shapiro: “digital é utilidade, marcas precisam criar para usuários”

CEO da Huge se apresentará no segundo dia do ProXXIma 2015 e falará sobre economia digital, entre outros temas

Aaron Shapiro: "digital é utilidade, marcas precisam criar para usuários"

Aaron Shapiro, CEO e co-fundador da Huge, é um dos palestrantes confirmados do evento ProXXIma, realizado por Meio & Mensagem nestas segunda-feira, 18, e terça-feira, 19, no WTC Sheraton, em São Paulo. Em sua apresentação, o executivo compartilhará sua perspectiva de oportunidades para as marcas no Brasil e sua visão de como o digital tem transformado a indústria. Ele participará de debate na tarde de terça-feira com PJ Pereira, CCO e cofundador da Pereira & O’Dell, e Colleen DeCourcy, ECD e sócia da Wieden + Kennedy. Shapiro conversou com Meio & Mensagem sobre a Huge e suas principais premissas como agência digital (confira prévia abaixo). A íntegra da entrevista será publicada na edição 1660, com data de 18 de maio.

M&M — Quais são os desafios para estabelecer uma comunicação eficiente com os consumidores no ambiente digital?
Shapiro — Digital significa utilidade. Algumas marcas fazem bom trabalho e outras não. Os anunciantes que usam internet para resolver problemas, para oferecer algo para quando as pessoas estão entediadas e querem diversão, estão no caminho certo, pois criam experiências positivas. Cada vez mais, as pessoas usam tecnologias oferecidas pelas marcas — mídia social, website, aplicativos, produtos. São gadgets criados por empresas capazes de oferecer experiências. Nesse cenário, o produto adquirido torna-se apenas um detalhe do combo todo.

M&M — No que consiste a abordagem centrada no consumidor para a mídia e o planejamento? Por que a Huge considera essa abordagem inédita?
Shapiro — Durante décadas, a mídia tem sido centrada na mensagem da marca e seu baixo nível de eficiência reduziu as expectativas das pessoas sobre o que pode ser alcançado com a mídia digital. Quando construímos nosso plano de mídia, quisemos alinhar nossa abordagem com os valores que aplicamos em todo nosso trabalho — que é ouvir os usuários, entender suas­ necessidades e colocá-los no centro de tudo o que fazemos. É por isso que chamamos nossa abordagem de media design, porque aplicamos os princípios de design centrado no usuário na maneira como planejamos e criamos mídia. Focamos em mais do que métricas de eficiência e engajamento, encaramos as necessidades do anúncio para que ele ofereça valor real para o usuário, e para que ajude na transição dessa pessoa no momento da tomada de decisão.

M&M — Quais são as principais tendências da economia digital?
Shapiro — Eu diria que os dados e o design work, mas isso é apenas uma parte. Outra grande tendência é a explosão de conectividade, a possibilidade de acesso à internet mesmo em lugares remotos, em qualquer lugar. No futuro, o wi-fi sempre estará disponível para fácil acesso das pessoas. Quando isso se concretizar, veremos muitos avanços nas baterias, para que os dispositivos móveis possam ser recarregados de forma quase instantânea.

Fonte: http://www.proxxima.com.br/home/cobertura-evento/2015/05/15/Aaron-Shapiro–a-import-ncia-do-modelo-business-to-user.html?xxi_campaign=portal&xxi_source=destaque&xxi_medium=principal

Heineken cria garrafas com GPS e propõe aventura a usuários

Ação da JWT Amsterdam conduziu usuários até evento promovido pela marca.

Heineken cria garrafas com GPS e propõe aventura a usuários

A Heineken criou garrafinhas inteligentes para surpreender consumidores curiosos. Com GPS, acelerômetro e uma tampa-bússola, o usuário recebia instruções da garrafa para encontrar diversas surpresas pelo caminho. No final da aventura, deparava-se com a Heineken Experience, situada em uma antiga cervejaria, para uma imersão na história e cultura da cerveja.
“Bottle With a Mission” tem criação da JWT Amsterdam.

 

Itaú cria “agência digital” para clientes Personnalité

Sob o conceito “Digital, só para ser mais pessoal”, DPZ assina filme que apresenta novo serviço do banco.

Itaú cria “agência digital” para clientes Personnalité

O Itaú lança o Personnalité Digital, um serviço digital que oferece aos clientes atendimento das 7h à meia noite por meio de chat, e-mail, telefone, SMS e videoconferência.
Sob o conceito “Digital, só para ser mais pessoal”, o filme da campanha, criada pela DPZ, mostra a interação dos usuários com o novo recurso em diferentes.

Fonte: http://www.proxxima.com.br/home/criacao/2015/03/31/Itau-cria-agencia-digital-para-clientes-Personnalite.html